Encontro dos Profetas da Chuva

O encontro de Profetas da Chuva acontece desde 1997, desde então, os profetas da chuva reúnem-se todos os anos para expor o resultado de suas experiências com relação à quadra chuvosa (fevereiro a março).

Os Profetas das Chuvas observam os sinais que a natureza mostra e os interpretam prevendo como será a quadra chuvosa a cada ano. Grande parte deles vive no campo e dependem da chuva para o próprio sustento. Eles possuem conhecimentos empíricos sobre a previsão do tempo, se apoiam exclusivamente na experiência e observação.

Observando a natureza e com as crenças repassadas pelos antecedentes, eles fazem previsões sobre a chuva em todo o Ceará. Mesmo sem equipamento meteorológico, nem respaldo científico, os profetas da chuva têm o respeito dos agricultores, que a partir dos seus conselhos, definem o tempo de fazer os roçados.

Em janeiro de 2013 o tradicional Encontro dos Profetas da Chuva passou a contar com a realização da Mungango Produções. Chegando em sua décima sétima edição, o evento teve uma alteração na programação com o acréscimo de um seminário que debateu as experiências em convivência no semiárido e um bate papo com os profetas no domingo de manhã, onde todos puderam conversar um pouco mais sobre as previsões reveladas no dia anterior. O XVII Encontro dos Profetas Populares foi uma realização do Instituto de Pesquisa de Violas e Poesia Cultural Popular do Sertão Central e uma produção da Mungango Produções. Apoio e patrocínio da Prefeitura Municipal de Quixadá, Cagece e Instituto Agropolos.

Para o próximo ano, além dos profetas, na XIX edição haverá convidados especiais: sociólogos, doutores em Antropologia da Unicamp e do Canadá, além de curiosos e admiradores daqueles que observam o tempo e fazem experiências com plantas, astros, insetos e animais para a previsão da quadra chuvosa.

Aguarde mais novidades!

Deixe um comentário

, Facebook ou Twitter